21 novembro 2008

Montemor-de-Novo



Pois é. As vozes da Rádio regessam a Montemor-o-Novo para mais um concerto.
Inserido no Ciclo de Outono 2008 promete ser mais uma noite de boa disposição e boa música.
O palco será o Cine -Teatro Curvo Semedo e a data e hora em que devem lá estar é 22 de Novembro às 21:30H (amanhã, portanto). A antecedência do aviso não é muita mas sempre é uma forma de dizer que se estivessem inscritos para receber a nossa newsletter teriam sabido deste facto, com mais 3 dias de antecedência. Enfim, podem sempre inscrever-se, agora, enviando um email com o subject "Ó, mandemma nusleta!" para newsletter@vozesdaradio.pt , o que muito agradecemos.

Voltando ao concerto, temos a certeza que será do agrado de todos. Não sendo, estamos na cidade certa. Fazemos então um pedido: Quem ficar desagradado com a performance, em vez de arremessar o habitual legume ou pequeno eletrodoméstico, atire uma queijada ou empadinha de frango de Montemor. São sem dúvida um castigo divinal. Mas, modéstia aparte, acho mesmo que vamos ter de as comprar. Até lá!

3 comentários:

Anónimo disse...

Foi um espectáculo ...espectacular.
Parabens vozes da Rádio.

xassbit disse...

cá está o comentário:

Depois de uma espera de pouco mais de cerca de seis anos em minha casa e de meia hora antes do concerto - onde o portátil e o kanguru se revelaram bons amigos - para garantir o lugar central da primeira fila (minto, o lugar ao lado do lugar central, dado que este já estava ocupado pelo maestro do coro local, que se mostrou visivelmente agradado com o concerto) finalmente pude rever-vos em concerto na minha terra de morada. E que mais posso dizer senão que este era o concerto inesperado de que eu estava à espera. Embora não me lembre do alinhamento certo da actuação anterior (embora, curiosamente, me lembre de uma piada com o mestre Vilhas), consigo ver que a evolução se nota, principalmente no repertório completamente renovado. Além de ter sido uma optima surpresa ouvir músicas completamente novas para mim, também foi excelente (e acho que a palavra a aplicar aqui é "piramidal") reouvir os números musicais de extrema dificuldade que encontrei apenas em registos video, no youtube, e audio, através da rádio do meu blogue. Mas por vezes há casos mais sombrios... principalmente porque me me esqeci de vos fazer uma pergunta que me anda a intigrar a moer. Mas isso fica para uma próxima, se alguma vez nos cruzarmos numa rua portuense eu aproveirarei para voz inquirir então sobre o assunto!

Abraço,
Daniel Matias Ferrer

Lídia disse...

Um concerto espetacular.

Lidia