30 junho 2007

Hoje é dia do Miúdo!

Agora que os Santos se vão, começam as comemorações no seio das Vozes. Em abono da verdade as festividades já começaram. Logo no início de Junho, o tio Manel fez anos. O Manuel é o senhor que nos passa os cheques e só por isso é muito querido por nós. Há uns anos atrás, estava já o Senhor com a porta aberta a convidá-lo para uma santa vida, ele prometeu-nos uma festa de arromba para comemorar um aniversário que parecia difícil de acontecer. Depois lá se reuniu o concílio e decidiram que Sr. Leitão era bem mais útil a agenciar as Vozes do que a tentar vender concertos dos Anjos (que não os irmãos Rosado. Falo de anjos verdadeiros). Fizeram eles muito bem e o Manel continua cá e de excelente saúde. Nós é que ficámos ougados à espera da sardinhada que nunca aconteceu, porque depois que se viu curado, o Manel nunca mais falou na festa. Pergunto: será preciso mais uma brincadeira do Senhor para finalmente tacharmos condignamente? Espero bem que não.
Depois do Manel, foi o Nuno, o nosso técnico de som, que um dia tentou matar-me colocando um vidro enorme no prato de onde eu comia. Esta história fica para outro dia, por ser caso de polícia…
Hoje, é dia de uma estrela! É dia do Miúdo! Pois é, o nosso menino faz hoje anos, o mesmo dia que viu a sodona Amália nascer, escusando-me eu agora a comparações e trocadilhos porque seriam sempre de mau gosto.
O nosso lindo Tiago caminha para os trinta anos, mas não deixa de ser o nosso Miúdo. Mesmo quando chegar aos 80 continuará a ser olhado por nós como o Miúdo a quem falta a experiência de vida dos maduros. Desse papel nunca se livrará…
As histórias com o Miúdo começam desde 2000, altura em que passou por uma difícil prova de selecção para preencher as faltas do Mário Alves. Depois vieram as viagens, a primeira, se a memória está a funcionar bem, a Lisboa para um concerto no Beato. Depois Silves… depois, já não sei. Saberá melhor ele. Uma coisa vos garanto, destes tempos iniciais há memórias que nunca foram aqui contadas. Um dia, com alguns eufemismos à volta e suavizando um ou outro pormenor, poderão ser reveladas. Também a já aqui mencionada e pedida história da esfregona tem o Miúdo como personagem principal. Um dia destes conto-a.
Em 2002, o Miúdo ficou a tempo inteiro connosco. Ganhámos nós um amigo sempre disponível (pudemos assumir compromissos como por exemplo o programa na Rádio Nova), ganhámos um clarinetista, um micro-ondas e ganhou ele desde aí milhares e milhares de euros e ensinamentos que estão para lá dos livros.
Por isso mano (por várias vezes nos perguntam se somos irmãos. Dizem que somos parecidos, mas para os meus pais eu sou mais bonito…), um grande dia, um grande ano, uma grande vida! E se puderes incluir-nos sempre, tanto melhor!

11 comentários:

Tany disse...

Aiiiiiiii... Cheguei agora da praia e dou com isto... Está descansado que daqui a nada já tens uma msg minha, cota do meu coração (no bom sentido, claro)... Ganharam vocês um irmão e colega e ganhei eu um amigo!!!

Muitos parabéns, que contes muitos mais e que estejamos todos cá para ver!!!

Bjokas da Teenager ;)

Câta disse...

Parabéns !!

(E muitas... ...Prendas!)

NM disse...

Porque se pode dar o infeliz acontecimento da mensagem não chegar por voz alheia... deixo aqui (por letra não própria, mas apropriada) um beijinho de parabéns. Muitas felicidades!

j. monge disse...

Parabéns, amigo!
Grande abraço!

Anónimo disse...

O que vale é que ele é miúdo em vários sítios. Ouvi dizer que no Plano B foi assediado por várias moçoilas. É verdade? Ele cumpriu o seu papel?

Muitos parabéns e que nos vamos encontrando por aqui, às vezes, e na escola todos os dias úteis...

Joca disse...

O papel dele, já foi dito em vários concertos, é o de microondas...

Carla Yu disse...

Parabéns Tiago!

Beijos a todos

Anónimo disse...

Miudo PARABENS!!
Atrasados!!!
Mas....
Eu queria ser a última a desejar-te os parabéns!!!
Muitos anos cheios de alegria!!!E boa música!!!


Mónica do Algarve!!

Tany disse...

Joca,

Essa do microondas só se disseste nos concertos do norte porque nunca ouvi... E não percebi :$ (depois quando puderes explicas-me, pode ser?)

Também não entendi desde quando é que o miúdo começou a fumar charuto... Chegam a estas idades e já se julgam homens lol, mais um pouco e está a comer carne de vaca... (fuma charuto, anda a cochear... Não estará ele mais velho do que pensamos? Daqui a nada começa a sofrer daquelas dores que percorrem o corpo todo, como a minha avó costuma ter).

Bjinhos a todos :)

prudentemente anónimo disse...

Visto o papel de anónimo só para explicar o que é para o joca (e não é o mesmo para todos nós?!) o microondas: aquele que aquece para os outros comerem. Se o joca o diz, o joca é que sabe. E só Deus saberá o que é que o joca come que o miúdo aquece...

Tany disse...

Foi isso que não percebi... Eu sei o que é um microondas, apenas não percebi o que tinha a ver com o miúdo... Aquece???