07 julho 2007

Cinco Maravilhas do Mundo!

Amanhã a terra vai dividir-se entre dois grandes acontecimentos: a escolha das novas Sete Maravilhas do Mundo e o grito ecologista Live Earth. No fundo vamo-nos repartir entre o canal 1 e a TVI, ficando a SIC completamente arredada do campeonato. Ainda se houvesse um daqueles recordes em que nós português somos especialistas, como o da maior regueifa do mundo cozinhada em Fornos de Algodres, o tabuleiro de Tomar mais pesado carregado por um anão sem braços ou a mulher com mais buço do mundo residente numa aldeia perto de Castelo Branco, a SIC conseguia rivalizar. Sem nada disto, mais vale amanhã só injectarem a mira técnica…
Há, no entanto, forma de estar com os olhos nos dois acontecimentos se se desligarem completamente da televisão e rumarem à Fnac do Norteshopping. É que amanhã, pelas 17h, uma das Sete Maravilhas do Mundo a cappella vai apresentar-se para aqueles lados. Amantes da boa vida, estes cinco rapazes (também eles cinco maravilhas da crosta terrestre, como provam os retratos aqui colados) são um testemunho vivo das motivações do Live Earth e incorporam neles muitas das qualidades dos artistas que vão desfilar pelos diversos palcos. Além de que são bem mais novos que os Police, mais limpos que os Likin Park, mais divertidos que o Michael Nyman e presume-se até que mais afinados que o Enrique Iglesias.
Por isso, e para quem ainda não ouviu as novas canções do disco “Sete e Pico, Oito e Coisa, Nove e Tal”, para quem ainda não viu o Vilhas mais magro ou para quem ainda não sabe porque é que o Miúdo é mundialmente conhecido por microondas (apesar da explicação já ter aparecido aí para baixo sob a forma de comentário), o melhor é aparecer às cinco da tarde na Fnac.
Por falar em Fnac, e para recordar tempos recentes, deixo-vos hoje aqui umas fotos do nosso amigo Pedro Sottomayor. O Pedro é um amigo de há mais de 20 anos que nos segue desde o início e que em Novembro último, aquando do aniversário da Fnac do Gaiashopping onde fomos cantar, nos tirou estas fotos (e mais algumas é claro). Ao vê-las recordo-me dos 2 meses bem contados em que andei de barba na tentativa de ser admitido no braço armado do Hamas mas, como de costume, não passei nas provas físicas.
Um aviso para os desatentos escolherem o melhor percurso até ao shopping. Amanhã andam carros velhos à volta da cidade. Nem eu, nem a maioria dos meus conterrâneos ainda percebeu o interesse destas corridas e muito menos o fascínio de um senhor já calvo e a rondar os 50’s por corridas de carrinhos. Acham normal?

Cá estão 3 belas fotos do Pedro. Não resisti em colocar aquela lá de cima, comigo ao piano. Era estar de óculos escuros e passava bem pelo José Cid ou pelo Abrunhosa. Fica a promessa que barbas, nunca mais! Também muito bem está o Tomi com os seu óculos de desfile. O poster debaixo junta a nós o Tom Cruise que além de ter o nariz sujo, nunca foi capaz de dar uma explicação lógica para ter trocado a Nicole Kidman pela Penelope Cruz, mulher (eu já vi num filme...) com mais pêlos que a senhora da aldeia perto de Castelo Branco mencionada no corpo do meu texto (e não no meu corpo, entenda-se).

P.S. - Vou, cheio de força, esgalhar isto e vejo que o Miúdo já versou este assunto. É sintonia. Talvez por isso tantas vezes passamos por irmãos (se bem que eu sou mais bonito para os meus pais, já aqui o escrevi)

3 comentários:

jacky disse...

Tu hoje estás imparável!
Amanhã lá estarei, se a corrida dos pi... ups pópós me deixar chegar ao norteshopping :P

beijinhos

São Rosas disse...

Tu ias dizer «pitos», Jacky?! Não sabes que no Porto «pito» é asneira, carago?!

Câta disse...

O que seria do Tom Cruise sem vocês a limpar-lhe (ou não) o nariz!
;p

Bjitus*