02 agosto 2007

Margarida

Sou uma daquelas aves-raras que não tem grande apreço pelas férias. Mesmo que elas impliquem viagens para locais desejados, ao fim de pouco tempo fico irritado, a inventar mil e uma coisas para fazer, e quantas vezes os massacrados são os meus coleguinhas de grupo ou as pessoas que trabalham connosco nas Vozes. Creio mesmo que estas pessoas também já começam a não gostar das férias com medo dos meus impulsos criativos e dinâmicos… ocupadinho, sou bem mais fácil de aturar.
Há no entanto dias que gosto muito. Aqueles que, estando de férias, tenho pequenas ocupações. Ontem foi um deles. Dentista logo pelas 8h30m, para entregar a minha avença semestral ao Dr. Mário, depois fui fortificar músculos no ginásio (a propósito, estou a ficar impressionantemente grande. Olho-me ao espelho e já nem me reconheço…). À tarde uma tertúlia agradável com companhia de elite e ainda sobrou tempo para a grande tarefa da estação: arrumar o escritório.
Entre o dentista e o Holmes encontrei a Margarida. Velha amiga dos tempos de Conservatório, é daquelas amigas que por muitas voltas que o mundo dê, por muitos dias que passem sem nos vermos mantém-se exactamente a mesma ligação de amizade. Não sei há quanto tempo não a via, mas ao revê-la ontem, foi como se tivesse estado com ela na véspera. A conversa e o café que tomámos só não durou mais porque ela tinha de trabalhar.
No fim da conversa fez-se luz na minha cabeça e perguntei: “olha, tu és destes dias…”, “sim amanhã, dia 2!”. Lá está, mais uma de Agosto. É incontornável!
Por isso hoje ponho aqui a nossa Margarida, mantendo-se a incógnita se esta música é para ela, ou não (já aqui abordada). Verdade é que o Mário (que a compôs) também fazia parte do mesmo “núcleo” de amigos do Conservatório. E verdade também, é que (tal como hoje) ela era bem merecedora do refrão… Beijinhos Margarida!



Lindos os meninos na festa de aniversário da TVI em 1995. Os fatos são desenhados pelo Nuno Gama e são pintadinhos à mão. Um dia destes tento colocar o meu na Sotheby's dizendo ter sido usado pelo Jimi Hendrix.

5 comentários:

marafuz disse...

a bainha de calça mais ambiciosa da hitória.

Ora aqui está uma moda para este verão:

O corsário comprido

Tany disse...

Em primeiro lugar, o Joca está mesmo a ficar com músculos, acreditem, nem eu o reconheci lol

Em segundo lugar, ainda tenho este video gravado... Aqueles fatos nunca me saíram da memória, nem com terapia lol

Bjinhos

Anónimo disse...

Bemmm....
Os fatinhos da Zara ficam muito mais in! com as t-shirts da "São Rosas" melhor ainda!!!
Não há nada como o pronto a vestir!!
Bjs

Mónica

marafuz disse...

pena terem posto o bídéo online.
contava fazer uns trocados com uma chantagenzinha anónima hi hi

São Rosas disse...

A nossa triMargarida também nos provoca os mesmos sentimentos...