23 setembro 2007

Porque hoje é domingo

Em tempos instituí, aqui no blog, o domingo como o dia ideal para apresentar inéditos, gravações antigas, músicas ao vivo, enfim os tesouros escondidos de um grupo a cappella.No seguimento de uma troca de e-mails com a nossa amiga Sofia Espada, manager da revelação Nancy Vieira, aqui deixo o nosso tema de lançamento, os Índios da Meia-Praia. Como apareceu, já aqui foi contado, mas rapidamente relembro-o. O ponto de partida foi um disco de homenagem a Zeca Afonso, os Filhos da Madrugada. Havia 2 vagas para grupos novos. O jornal Sete publicou o anúncio, nós enviamos a maquete. Em Dezembro de 93 lá estávamos na Rua da Centieira, Olivais Sul, a gravar no estúdio Angel 2, com a produção dos ex-Trovante Manuel Faria e João Gil.
Cantámos os Índios até 96 e depois, por uma série de motivos, deixámos de cantar. Em 2004 e a convite da Antena 1 repegámos no tema. Em 2006, com quinze anos e com fantasmas bem eliminados, reintroduzimos no nosso alinhamento.
Esta versão que aqui vos deixo, foi gravada na Fnac de Gaia, por altura do aniversário da loja. 14 de Novembro de 2006.
Para quem nos segue desde os tempos dos Índios, aqui ficam os Índios de 2006.
Bom domingo.

2 comentários:

Tany disse...

Joca,

Mais uma vez, obrigada!!!
Tu sabes bem porquê ;)

Ainda não tinha ouvido a nova versão, mas gostei. (também gostei que tivessem voltado a pegar nela, apesar dos "fantasmas", se hoje vos oiço e tenho o prazer de vos conhecer posso dizer que foi graças a ela, por isso vai ficar sempre guardada no meu coração).

Bjinhos :)

Alegrão disse...

E porque ontem foi Domingo e não tive tempo, só postei hoje algo sobre as noites da bohemia.
Agora só falta enviar as fotos.
Abracitos