02 setembro 2007

Recepções alfacinhas

Esta última temporada no Casino de Lisboa deu para observar e sentir várias coisas. Uma delas foi a comprovação que os nossos fãs se prolongam para além das nossas simpáticas famílias. Anteriormente fiz o agradecimento a todos aqueles que nos foram ver, por isso não o vou fazer novamente. Vou sim agradecer a todos aqueles que, para além de nos apoiarem no terreno artístico, nos acolheram com uma surpreendente amabilidade, algo que não reconhecia aos lisboetas em geral. Como sabem, quando temos a oportunidade de sair da nossa linda cidade, estamos sempre muito atentos à maneira como somos recebidos. Salvo os amigos de longa e curta data, os conhecidos recentes não costumam ser muito amáveis. Pelo menos era o que pensava. Este mês que passou desfez por completo esse preconceito.

Devido à amabilidade de várias pessoas, tive a oportunidade de conhecer vários sitios, todos eles com o seu encanto.

Foto artística tirada do Miradouro dos Capuchos, na Margem Sul. Se a foto não fosse tirada contra o astro rei, daria para ver as belas praias da Costa da Caparica.




Pôr-do-sol visto de um famoso bar (mas deserto) numa das praias da costa. Agradecimento pela oportunidade de conhecer o miradouro e as praias à Inês Capinha.




Praia de Sesimbra. Umas das maravilhas naturais de Portugal! Eu, que não sou adepto de praias, fiquei completamente rendido à sua beleza.





Uma situação curiosa, mesmo no centro de Sesimbra... Quando o trânsito, nos dias de praia, está "de morrer", o pessoal deve cortar todo por ali... (piada muito fraquinha, eu sei... As férias estão a acabar, deve ser essa a justificação para a falta de inspiração).







Tomi, ao cantar o famoso espiritual negro "Let me Fly" foi salvo, ironicamente, pelo negro e espiritual Vilhas, evitando assim de rebolar pelo Cabo Espichel abaixo.
Agradecimento à Filipa enfermeira, pela excelente visita guiada a Sesimbra.





Vista do Tejo de um bar, relembrando a visita guiada aos bares das Docas pela Ana Luísa.

Bons momentos foram passados enquanto não fazíamos os habituais preparativos para os concertos na bolacha do Casino Lisboa. Alguns não foram mencionados agora, mas serão oportunamente. Para além dos locais, das performances, do aplauso, também se arranja lugar para vós, guias, nos nossos corações.

2 comentários:

Anónimo disse...

Olá Tiago....
Grande dia aquele em sesimbra, foi super divertido. Tu tinhas que por "aquela" foto no blog...és terrivel. Bjs Filipa

Ana Luísa disse...

A "bela" praia da Costa da Caparica chama-se Praia da Sereia e estou totalmente de acordo, ou não fosse esta praia na "margem certa" ;)!
Quanto à vista do Tejo, é linda a qualquer hora do dia mas, de facto, à noite tem outro encanto!
A "surpreendente" amabilidade é que me surpreendeu, menino Tiago! Ai ai que nos zangamos!;) Há pessoas amáveis e antipáticas em todo o lado, certo?!
De qualquer forma, ainda bem que as ideias preconcebidas foram abandonadas e, no que depender de mim, serão sempre muito bem recebidos na Capital!
Beijinhos e voltem sempre!

PS: espero q tenha corrido tudo bem no Luso...